Pérola, a grã-mestre da Ordem de Eros


Irmã gêmea de Telepatuos, nasceu devido a um ato de violência sexual realizado por um kansariano da Ordem de Nix - cujo tinha capturado Monique e a violentado por várias vezes até ser salva por membros de seu clã; A pessoa por trás desse crime, era um amigo de infância dela - chamado Ruarez, que apaixonado pela sua amiga, sempre foi rejeitado pela mesma.

Monique e Ruarez eram muito amigos e que mesmo negando a amar de outra forma seu colega, sempre teve respeito por ele. Porém, na medida em que foram crescendo e se aprimorando - tiveram que se separar. Ela foi para a Ordem de Eros, enquanto ele decidiu entrar para a Ordem rival no objetivo de cumprir um certo ato cujo daria vida a Pérola e seu irmão Telepatuos. Por amá-la e ser rejeitado por ser o mais verdadeiro possível, Ruarez tentou aprender técnicas para domina-la completamente, assim, a hipnotizaria de forma que tivesse o amor dela, mesmo que fosse de mentira.



Mas ao conhecer outras mulheres em sua vida, começou a perder todos os antigos sentimentos por sua antiga amiga. Que não sabendo de sua ida a Ordem rival da Paranormalidade, ainda mantinha contato com o mesmo. Por causa da guerra que envolvia os clãs, Ruarez decidiu punir sua amiga pelo tempo "perdido" que teve com ela, raptando-a e a violentando de todas as formas enquanto mantinha cativa em um local deserto e sem chance de ser encontrados. Usando sua amizade para enganar sua amiga e ao mesmo tempo, realizando o tal ato vil.

Felizmente, a Ordem de Eros a encontrou e deu fim a vida dele - resgatando Monique. Que infelizmente, engravidou daquele kansariano - gerando o casal de gêmeos que se tornariam grandes Paranormais no futuro. Pérola nasceu igual sua mãe, tendo a mesma cor de cabelos, enquanto Nilo, puxou totalmente seu pai, o que desagradou Monique. 

Na postagem sobre Telepatuos eu falei a respeito disso. Além de como Monique queria a morte de seu próprio filho, talvez causado por algum trauma gerado pelos dias que ficou cativa. 

Enquanto Nilo foi morar com seu avô, que se revoltou com as atitudes de sua filha ao desejar a morte do próprio fruto de seu ventre. Pérola se tornou uma grande companheira! Aprendendo desde cedo o ofício da Paranormalidade, como também, recebeu uma mãe caridosa e companheira. A amizade dela com Pérola era muito grande, tanto que a mesma ensinou a sua filha a tocar piano e até a se portar como uma dama. 



Era bastante comum elas ouvirem música clássica e compartilharem literaturas.

Quando a menina começou a conhecer seu irmão gêmeo contra a vontade de Monique, fizeram ela exigir a morte de seu filho - enviando membros da Ordem de Eros que não conseguiram exterminar Nilo, graças a seu avô, que se contrapôs e morreu em batalha para que seu neto escapasse. Apesar desse evento, Pérola continuou tendo amizade com seu irmão e mesmo que estejam sob uma guerra que envolve as duas instituições, continuam se comunicando e se amando como irmãos. 

Pérola apareceu pela primeira vez no livro básico de RPG do Yoshiro na página 131. Quando Yoshiro a conheceu após despertar a Lágrima do Sangue do Ódio para resgatar Amanda, que havia sido sequestrada por Telepatuos. Foi a mesma que ajudou ao nosso herói adentrar na dimensão do irmão dela! Além desse evento, a moça foi muito importante para o final da guerra e também a grande responsável pelo fim de Tanak, quando mostrou a marca do símbolo da Ordem de Eros - permitindo Teridiann receber o poder suficiente para vingar a sua mãe.

Na postagem que eu falo sobre o Teridiann, eu citei essa história. Cujo a paranormal leu a mente dele e entendeu como o rapaz enxerga as mulheres. Sendo que suas últimas palavras foram: "Teridiann, as mulheres também são fortes". O rapaz não sabia que ela morreria, mas foi uma ocasião que até o Yoshiro estranhou - principalmente por ver seu amigo chorando por uma mulher.

Pérola é uma menina muito animada. Educada, vivaz e gosta muito de abraçar as pessoas! Seu talento com a paranormalidade é notável, tanto que conseguiu o maior cargo de seu clã e mesmo assim, aparenta ser uma garota normal. Ela gosta muito do seu irmão e por mais que ambos liderem instituições que estão em guerra, nenhum dos dois se prejudica - apesar de toda a situação que envolve suas Ordens.

Nenhum comentário:

Postar um comentário