Proezas


Proezas são fórmulas que permitem ao kansariano gerar um efeito com seu poder divino. Assim, podendo dar vida a novas criaturas, manipular as sombras, aumentar sua velocidade, se agarrar nas paredes como se fosse uma aranha e até curar seus ferimentos. Existem uma infinidade de poderes que os kansarianos desenvolveram ao longo dos séculos e tamanha sabedoria os permitiu ainda unir um poder com outro para gerar um novo efeito.

As proezas são divididas em cinco grupos:

  • Autoexecutáveis: poderes que são ativados com a vontade do kansariano. Ele simplesmente deseja e seu poder "liga". As fórmulas desta categoria são mais voltada para "buffs", como Aumentar Força, Aura de Retorno e Bênção do Rei do Fogo.
  • Automáticas: parecido com as autoexecutáveis, só que é focada em poderes que oferecem habilidades extras ao kansariano, como respirar debaixo d'água com Barbatanas, ou Aderência para subir pelas paredes como se fosse uma aranha. O kansariano pode manter um poder autoexecutável e um automático ativo, mas teria redutores em alguns testes devido a dificuldade.
  • Criação: aqui o kansariano pode dar vida a novas criaturas (como o Caminho das Valkyrias), forjar novas armas (Invocar Arma) ou até criar um par de asas (Alado) em suas costas para Voar.
  • Poderes de Ataque: separados em ataque corpo a corpo e ataque a distância, incluem diversas formas de atacar o oponente e de diversos elementos. O legal é que as proezas de ataque podem ser combinadas com poderes da mesma categoria (se for de corpo a corpo, pode unir-se a outra de corpo a corpo e gerar um efeito novo) - além de poderes que servem apenas para serem emendados, conhecidos como proezas de emenda.
  • Poderes de Defesa: assim como de ataque, podem ser combinados com proezas de emenda e tapear o oponente, aumentando seu bloqueio ou esquiva.

Além desta divisão, as proezas são divididas em Neutras e de Clã, pois cada clã kansariano tem seus poderes próprios. Conheça a lista com todas as proezas presentes no universo Yoshiro clicando aqui!

Nenhum comentário:

Postar um comentário