Detalhes sobre Yoshiro Katsura, o Filho da Lenda


Yoshiro é um garoto tímido e que na maioria do tempo, tem problemas pra se comunicar com pessoas que não conhece muito bem. Vivia como humano até seus quatorze anos, quando Nakan visitou o seu mundo e "tentou matá-lo". Após saber que nunca tinha sido um humano, teve que aprender a dominar seus poderes e entender a sociedade dos kansarianos, a começar pela obrigação que seu pai lhe reservou: matar Tegic Sanamaris.

Exterminar o mais poderoso kansariano de todos os tempos não é uma tarefa fácil, afinal, nem seu pai que foi considerado a Lenda e maior herói GK da história, conseguiu. Assim, o jovem deve saber lidar com toda a situação que lhe foi jogada de uma hora pra outra, usando seus conhecimentos de artes marciais atrelado aos poderes que ia aprendendo. Seu pai tinha lhe revelado sobre o Andere, que é um Estilo guardião de sua família e que se manifestaria no tempo certo - algo que ninguém sabia como seria. O grande problema não é o alto risco de vida, mas toda uma cruz que talvez não seja adequada para sua idade.

Yoshiro era um jovem comum, que tinha sonhos como todos os outros - mas que fora interrompido para ser o messias de uma guerra em que a maioria das pessoas de seu mundo desconhece. Imagina como ficaria se ele falhasse... afinal, Tegic Sanamaris chegou aos 300 anos de vida e ninguém conseguiu ameaçá-lo.

Neste artigo eu quero falar um pouco sobre o que eu não disse no livro Yoshiro RPG Livro Básico. Pra começar, Yoshiro sente medo as vezes - ele tem um medo enorme de fracassar e ver tudo a perder. Muita das vezes, ele se sente inseguro em relação ao seu futuro, mas se esforça ao máximo para se manter confiante. Se tem uma coisa que ele teme, é ver sua irmã mais velha sofrer.

Por mais que ele seja tímido, sempre foi um exemplo e conseguiu fazer amizades. Só que diferente da Camila, ele não era popular. Muitas vezes era conhecido como o "irmão mais novo da Camila" e por várias vezes ficava sem graça na presença das amigas dela. Como nunca teve um irmão, ela se tornou a sua amiga e durante a infância, era comum ele chorar no colo dela. A ligação que ambos tem é muito forte e mesmo que em momentos de fraqueza em que, ainda menino, procurou sua irmã mais velha, ela sabe que ele a ama e só quer protegê-la.

Ser o homem da casa. 

Aquele que deve proteger as mulheres de seu lar! 

Yoshiro sempre levou esse conceito, tanto que daria sua vida pra salvar sua mãe e irmã. Por isso que é um cara ciumento em relação aos possíveis namorados de Camila, uma vez que ele teme que ela seja maltratada. 

Quando seu treinamento começou na Ordem GK, Camila o vigiava muito (com medo de que ele ficasse com alguém e esquecesse a Amanda), mas logo ele foi ganhando liberdade e melhorando suas habilidades. No início, Camila o protegeu de Nakan - mas no futuro, ele a protegeria de muita coisa. Inclusive no amor, quando afirmou pra ela que a Mature era projeção da vontade dela e não um amor verdadeiro. Afinal, ele não achava Nakan bom pra ela!

 

Quem leu o livro básico (ou o manual rápido) ficou sabendo que ele conheceu Amanda ainda na infância e descobriu mesmo sem saber que era um kansariano (por puro instinto), que era era sua alma trina. Tanto, que em sua despedida, Yoshiro a beijou sem entender o que tinha feito - tal beijo ficou na memória dela por todo esse tempo até que se reencontrassem na Ordem GK, já adolescentes. Ele gostava dela? Não. (Leia a HQ na cena do beijo aqui)

 Antes que alguém pergunte, quando Yoshiro beijou Amanda na infância - ele estava fazendo isso por tristeza de nunca mais vê-la novamente. O que o fez tomar coragem foi pelo fato de ter encontrado sua alma trina. Assim, ele a esqueceu e só foi lembrar bem mais pra frente, quando ela o conquistou após lutar por ele. Respondendo desde já algumas perguntas: Yoshiro pode ficar sim, sem jeito em relação a uma garota que se declare para ele, mas não significa que ele esteja apaixonado por ela. Na verdade, a missão de matar Tegic o consome demais, ficando sem espaço na mente para pensar numa carametade.

Amanda o conquistou com o tempo, provando para ele que ela o amava muito. Por isso que o mérito é dela! Ele teve que decidir entre mulheres até mais bonitas do que ela - entendendo que a alma trina está sempre certa. Mas se fosse dizer se ele ficaria com Anne, Kasumi ou Amanda - ele escolheria Anne, mesmo sendo mais alta que ele. (Afinal, Yoshiro é homem e a atração física não significa amor!)

Por mais que tenha sangue oriental e pertença uma família bem tradicional, ele nunca entendia porque tinha que aprender artes marciais ou falar japonês. (Sei que muita gente gostaria de fazer uma dessas duas coisas, mas ele não!) Talvez seja pelo estereótipo asiático que leva. Yoshiro nunca gostou de demonstrar seu estilo de luta ou mesmo seus poderes - em nenhum momento ele vai querer mostrar que é alguém, mesmo as pessoas dizendo. Ele já está ciente das responsabilidades e não quer ver ninguém dizendo que é ou o que tem que fazer.

Sua mãe é uma advogada e por muitas vezes, deixava Camila cuidando dele - o que explica a relação dos irmãos. Mas ela é como se fosse uma "Camila mais velha", sempre brincando e interagindo com todo mundo. Foi ela que o ajudou muitas vezes com seus estudos de japonês e quase arrumou uma briga quando o inscreveu em uma escola de Kung Fu. Quando há tempo, ela passa muitas horas conversando com ele... já que Yoshiro adora conversar... (com as pessoas que ele já está acostumado a falar, ok?)


 

Quando criança, sua mãe o encorajava com histórias dizendo que ele salvaria o mundo. Muitas vezes quando ele chorava, ela dizia: "por que o herói que vai salvar o mundo está chorando?" coisas que mesmo parecendo ser algo para se animar uma criança, eram verdade. Ela sabia que quando fosse o tempo dele ser chamado para a Ordem GK, passaria por uma cruz maior que do pai dele. Algumas vezes ela chorava enquanto ele era bebê, dizendo que ele só nasceu para sofrer...

Por isso ela optou em colocar esse nome: Yoshiro.

"Não, ele vai ser feliz! Vai conquistar tudo nesse mundo!"

O nome Yoshiro significa Feliz, Afortunado, Bem-aventurado...

O que ele seria... 

Imaginava ele trazendo a paz após muita injustiça. Por isso o criou como humano e seguiu tudo o que a Ordem GK a instruiu, incluindo as tradições da família Katsura.

Nenhum comentário:

Postar um comentário