Detalhes sobre Tagashi


O que tenho a dizer sobre a criança que acompanha Yoshiro? 

Inicialmente, o personagem não era tão interessante assim. E seu conceito original era totalmente diferente do que conhecemos! A princípio, Tagashi e seu irmãos não eram separados e também não havia o conceito da família Doppel. Ele era um personagem que tinha poderes de fogo e apenas isso, sendo uma versão menor de seu irmão mais velho, Akira. Enquanto um usava uma lança como arma kansariana, outro usava um bastão.

Porém, ainda no início do projeto do livro básico (lá pra 2014 e 2015), decidi moldar o personagem e deixá-lo mais influente e interessante na história, criando como último membro da família Doppel e lhe dando habilidade cujo eu tive inspiração na Chizuru de The King of Fighters. Quem conhece essa franquia, sabe que Chizuru é membro do clã Yata e possui uma habilidade de fazer projeções de si mesma contra os adversários, podendo realizar ataques a longa distância, inclusive! Foi baseado nela que tive a ideia de fazer Tagashi criar projeções de seu irmão mais velho e mais tarde, uma relação especial entre ambos.

A ideia dos Doppels foi inspirada nos ataques de Chizuru

Isso não foi desenvolvido da noite pro dia. A história e os poderes dos Doppel (ou duplicadores) se tornou mais complexa com o passar do tempo, pois tive que rachar a cabeça para poder explicar sobre como funciona as almas deles e se um membro pode ter mais de uma alma ou não. Mais para frente, reaproveitei outro personagem que tinha sido muito pouco explorado nas versões antigas de Yoshiro RPG e o transformei como membro da família rival dos Doppel, os Klookani.Gerando a história de Spark e sua descendência, que fundaram uma cidade para cada família em uma dimensão adjacente gigantesca. Este teria desenvolvido a disciplina da Onipresença Divina, na qual, cria-se olhos ao redor de alguma coisa e durante a visão dos mesmos, permite ao kansariano trocar sua posição, como se estivesse em todos os locais naquele ponto.

Assim, a famílias Doppel e Klookani nasceram - cada um com suas cidades: Karamarko e Karamey. Na qual, entraram em guerra quando os Doppels começaram a explorar outros mundos e graças a isso, ter uma cidade mais próspera e evoluída que seus compatriotas. Iniciando uma guerra entre as famílias! Como a cidade de Karamey (dos Kookanis) era muito mais forte que a dos Doppel's, os duplicadores encontraram uma outra maneira de se defender, criando a disciplina dos Doppel's  de forma a usar as almas daqueles que caíram em batalha, a retornarem. E com isso, criando um tratado de paz que fora quebrado séculos depois com a invasão tegicnista a cidade de Karamarko.

Mas falando sobre a personalidade de Tagashi.

Tagashi, seu irmão Akira, seu Estilo e as lanternas que guardam almas, chamadas Yada
Ele ainda é uma criança. Por mais que seja mais velho que Yoshiro, sua mentalidade ainda é uma criança! Pois a fusão da alma de seu irmão a seu Estilo antes dele despertar, o retardou por alguns anos. (Sim, ele ficou sem envelhecer por alguns anos - algo que é comum nesse procedimento). Isso acontece porque a alma de Akira também vive em seu corpo, tanto que no final da história (como você pode ver no livro básico do RPG), Akira ganha a habilidade de voltar pro mundo dos vivos. 

Inicialmente, Tagashi não tinha tanta responsabilidade com as coisas. Afinal, era uma criança - as responsabilidade só foram se tornar uma realidade em sua mente na medida que foi vivenciando as coisas. Ele se tornou dependente da proteção de seu irmão, que sempre esteve lá - desde criança. Quando a Ordem GK o adotou, ele ficou num orfanato e a princípio, as crianças tinham medo dele. Afinal, uma outra criança mais velha sem corpo aparecia e se comunicava com ela na presença de todos.

Por isso que foi muito difícil encontrar um amigo verdadeiro, já que a presença de seu irmão afastava todo mundo. Para quem não sabe, Akira também ia crescendo, mesmo sendo uma alma. Por isso participou de todos os momentos e o ajudou a compreender melhor a disciplina dos Doppel's, que diferente das demais existentes, o kansariano não precisa de treinamento para dominá-la. O mesmo explicou sobre o que aconteceu, mas muitas coisas foram se perdidas em sua memória. Recuperando tempo depois, quando ao trocar de lugar com ele no mundo dos vivos, se lembrou que tinha uma irmã que fora raptada por tegicnistas.

Ele tem alguma coisa? Sim. De ficar sozinho.

 

Marla foi criada para ser a esposa de um guerreiro, ela faz parte do grupo dos Pincéis de Apolo

O personagem sempre foi dependente da companhia de seu irmão e sabendo que um dia poderia separar dele por completo, gostaria de encontrar alguém que ficasse do seu lado. Por sorte, quando o destino o permitiu isso, após Akira invocar a Lança da Besta Fênix (uma arma lendária da família que devo falar mais tarde) desapareceu por completo. Ficando um vazio que foi preenchido por Marla, uma menina pertencente ao grupo dos Pincéis de Apolo, na qual, usam poderes que usam a arte. Ela foi forçada a casar-se com ele e no início, ele ficou bem constrangido.

Um Tagashi mais velho é totalmente responsável e focado. É aquele lance: quando crianças, vivemos sem se preocupar com o dia de amanhã, mas crescemos e nos damos conta que somos responsáveis por nós mesmos e muita das vezes, das pessoas que estão em nosso redor. Tagashi é mais parecido com Yoshiro nesse quesito. Nunca teve interesse em ficar com ninguém até que apareceu Marla, uma vez que está tão concentrado nos seus deveres, que nem sabe o que é o amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário